segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Naturaleza

Ando à cata de libélulas, cigarras e vagalumes. A cidade espantou os vagalumes. Encontrei-os no sertão paulista no verão passado. Será que eram os últimos no mundo? Diz a lenda que as cascatas mansas estavam aprisionadas nas 30 mil facetas dos grandes olhos da primeira libélula, que decidiu libertar as águas quando um raio de sol primevo esquentou suas asas. Foi nesse dia que a cigarra macho aprendeu a cantar.

2 comentários:

elaine tavares disse...

é só vir ao campeche mimi... tá cheio de vagalumes nas noites de quase primavera...

Luca Leicam disse...

E ai colegas do Pobres & Nojentas, Estou na prática DVTniana ainda. Ganhei um selo de qualidade na rede, e tenho que indicar alguns blog para este prêmio, então vocês entraram na minha lista. Espero que gostem. Estou sempre divulgando o trabalho de vocês. Um abraço
Zine Tralala