quinta-feira, 17 de abril de 2008

Roupandorinha


Míriam Santini de Abreu


Capeladeconcha, murocaiado, uvapreta... Canto de mundo onde pano e grampo viram roupandorinha.

Um comentário:

elaine disse...

eis que a princesa cronista vira poeta!!! vale!!!