sexta-feira, 1 de maio de 2009

A Serra em mim VI – Ubatuba





video

Míriam Santini de Abreu

A folheteria turística de Ubatuba, no litoral paulista, vende o mar, as praias, a estrutura comercial voltada para quem deseja estar ali para banhar-se, bronzear-se, fazer esportes radicais e comprar. Tanto que, nos locais que visitei, ninguém sabia dar informação precisa sobre onde comprar livros que contassem a história da cidade. Queria saber mais da Aldeia de Iperoig, habitada pelos tupinambás quando chegaram os portugueses. Ou sobre Hans Staden, o aventureiro alemão que foi aprisionado pelos indígenas em Ubatuba durante nove meses.

No belo casarão da Fundação de Arte e Cultura (foto acima), não havia publicações para vender. Indicaram as livrarias e um sebo, onde havia um único exemplar de um livro já esgotado, e que era usado apenas para pesquisas. No centro de informações turísticas obtive apenas uns folhetos com fotografias e indicações de pontos turísticos. O Centro de Visitantes do Projeto Tamar Ubatuba, para proteção das tartarugas marinhas, valeu a visita. Mas o Projeto já virou grife, tanto que a lojinha no interior do Centro de Visitantes vende uma série de roupas e acessórios com imagens dos bichos. O preço é tão salgado quanto o mar onde elas vivem.

Nenhum comentário: